¿Quién teme a la cerveza negra? – Parte I

Olá cerveja sapiens! Não sei vocês, mas todos os dias olho no celular como vai estar o tempo hoje, amanhã e nos próximos quinze dias. Deve ser porque quero bom tempo e umas cervejas na esplanada com os meus amigos.

Mas sejamos realistas. A Agência Meteorológica do Estado não informa bom tempo por algumas semanas. E minhas cervejas no sol?

Felizmente, desde que comecei a conhecer o mundo das cervejas artesanais, descobri que mau tempo e cerveja também vão muito bem. Graças às cervejas escuras. Deus salve a Cerveja Preta!

Cerveza Negra - Beer Sommelier

CERVEJA... PRETA?

Então fiz um pedido de seis cervejas artesanais escuras ou tostadas, para me ajudar nesses longos dias chuvosos de fevereiro.

Quando eu estava enchendo o copo com a primeira cerveja, a primeira coisa que pensei foi, por que essa cerveja tem uma cor e corpo tão diferente da conhecida cerveja “loira” ?

Bom, a culpa é da torra do malte. Quanto mais escuro ou torrado for o malte utilizado, mais escura será a cerveja. E isso também afeta a a consistência e o sabor dele. Ou seja, uma cerveja escura é mais complexa no paladar, pois possui sabores mais “escondidos”. Ao contrário, uma cerveja mais leve será mais refrescante, mas também terá menos nuances na boca, já que o sabor do lúpulo predominará.

Ok, dúvidas esclarecidas. E então veio a segunda pergunta.

Cervezas Artesanas - Beer Sapiens

POR QUE SÃO PARA O INVERNO?

  •       Porque se as cervejas artesanais já têm maior teor alcoólico, as pretas ainda mais. Por isso, são ideais para quando precisamos de um calor extra! ;)
  •       Porque devido à sua carga de maltes, eles têm muito corpo e são mais densos. Eles entram mais devagar, e você tem que saboreá-los aos poucos.
  •       E também porque têm sabores mais intensos que exigem combinações de alimentos também mais fortes. E dá mais vontade de comer queijo Roquefort no inverno do que no verão, né?

¿POR QUÉ SON PARA INVIERNO?

ONDE COMEÇO?

É isso que todos os não iniciados, como eu, devem estar se perguntando. A verdade é que, pelo cuidado e carinho com que os cervejeiros artesanais fazem suas cervejas, qualquer opção é boa. Mas para que você tenha um pouco mais de clareza na hora de escolher, esses são os principais tipos de cerveja escura que você pode encontrar:

DARK ALES: São as Portes (dediquei um artigo aqui) e as Stouts. As cervejas Stout, são bem escuras, com maltes torrados e caramelizados além de uma boa dose de lúpulo. Dentro da Stout existem várias subcategorias, com destaque para as Imperial Stout que possuem maior quantidade de álcool por volume (de 6% a 15%) e uma sabor amargo muito característico.

O tipo de malte que predomina cria outras categorias, como a Cream Stout que é adoçada com lactose, o que provoca uma consistência cremosa na espuma e levemente adocicada sabor com notas de chocolate. Sua porcentagem de álcool varia entre 5% e 8%.

PALE ALE: Cervejas de cor clara, fabricadas com pequenas proporções de malte torrado. Mas não se deixe enganar pela cor: geralmente são cervejas com muito lúpulo e, portanto, com muito sabor, algumas até bem amargas.Destacam-se nesta categoria a IPA (Indian Pale Ale), uma cerveja muito alcoólica e rica em lúpulo A English Bitter é um clássico dos pubs do Reino Unido e algumas American Ales feitas com lúpulo dos EUA

são excelentes

BOCK: Este termo alemão é usado para descrever cervejas lager fortes, típicas deste país. De fato, eles começaram a ser fabricados no século XIV, na cidade de Einbeck. São de baixa fermentação, com teor alcoólico entre 6 e 7,5%. O resultado final é uma cerveja encorpada com leve sabor de malte.

SCHWARZBIER: Outra cerveja alemã, equivalente à Porter inglesa. Tem uma baixa fermentação e uma cor preta intensa. Seu teor alcoólico também é baixo, com sabor forte e notas de chocolate e café.

VINHO DE CEVADA: Ou vinho de cevada, aquele que tira o registro alcoólico. Feita com grandes quantidades de malte, o resultado imediato é uma cerveja encorpada com teor alcoólico que muitas vezes ultrapassa os 10%. Você também tem um artigo sobre esse tipo de cerveja aqui.

Cervezas de invierno

Como já te falei, fiz uma seleção de seis cervejas escuras na página. Conto minhas impressões no próximo post…. Não perca!

Autor: Laura García de Lucas

.

Deixe um comentário

Todos os comentários são moderados antes de serem publicados